quinta-feira, 6 de abril de 2017

Temer humilha Renan e diz que não pode brigar com quem não é presidente da República


Imagem: Ailton Freitas / O Globo
O presidente Michel Temer comentou pela primeira vez os ataques e indiretas de Renan Calheiros (PMDB-AL) ao seu governo e afirmou entender as rusgas do senador com o Palácio do Planalto. Em entrevista à “Rádio Bandeirantes”, nesta quinta-feira, ele alfinetou o ex-presidente do Senado ao dizer que não pode brigar com quem não é presidente da República.


— Eu compreendo o Renan, as dificuldades dele. De alguma maneira, ele sempre agiu dessa maneira. Ele vai e volta. Então eu estou tratando com muito cuidado, politicamente, até porque não posso a todo momento estar brigando com quem não é presidente da República — disse Temer.

Leia também:

Sobre o julgamento do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), adiado por tempo indeterminado, o peemedebista afirmou que ele não tem qualquer envolvimento em "bandalheiras".

— Os dados até hoje são reveladores de que eu não tive participação em nenhuma bandalheira, nada disso — afirmou, acrescentando ainda que o processo no tribunal corre em ritmo normal:

— Estou deixando correr lá o processo no seu ritmo normal. Mas o meu desejo é que isso seja decidido o mais breve possível.

PRAZO INDETERMINADO

Na última terça-feira, o TSE decidiu adiar o julgamento da chapa para ouvir mais testemunhas. Como a ex-presidente Dilma sofreu um processo de impeachment no ano passado, a ação poderá, na prática, cassar o mandato de Temer, que era vice e assumiu o cargo com o afastamento da titular.

O relator do caso, ministro Herman Benjamin, aceitou o pedido de conceder mais prazo às defesas de ambos e foi acompanhado pelos colegas. Na prática, o julgamento não tem data para ser retomado. 

Veja também: 


 




Eduardo Barretto e Letícia Fernandes
O Globo 
Editado por Folha Política
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...