quinta-feira, 13 de abril de 2017

Temer, Lula e FHC articulam pacto por sobrevivência política em 2018, diz jornalista


Imagem: Reprodução / Redes Sociais
Um artigo da jornalista Marina Dias, da Folha de S. Paulo, noticia que Lula, FHC e Temer estariam articulando um pacto para garantir a própria sobrevivência política juntamente com a de seus partidos. Segundo a jornalista, as tratativas começaram em novembro do ano passado e utilizam os préstimos de figuras como Nelson Jobim e o ministro do STF Gilmar Mendes. 


Ainda segundo a jornalista, membros da cúpula da política brasileira acreditariam que a Lava Jato "quer eliminar a classe política e abrir espaço para um novo projeto de poder, capitaneado, por exemplo, por aqueles que comandam a investigação".

O presidente Temer estaria, segundo a jornalista, negociando um acordo para a reforma política, em virtude da descoberta de grandes volumes de caixa 2 e das tentativas de anistia, que Marina Dias chama de "debate sobre a criminalização das doações eleitorais".

Segundo a jornalista: 
A convergência entre os três é: se não houver entendimento para assegurar um processo eleitoral "tranquilo" em 2018, aparecerá um "outsider" ou "aventureiro".
O acordo de bastidores passaria pela manutenção de Temer até 2018 e a realização de eleições diretas, em outubro do ano que vem, com a participação de Lula.
Para Marina Dias, o pacto envolveria aprovar medidas como “anistia ao caixa dois, um novo modelo para o financiamento de campanha eleitoral e até o relaxamento de prisões preventivas, que mantêm encarcerados potenciais delatores para a força-tarefa”. 

Leia também: 
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...