quinta-feira, 4 de maio de 2017

'Ainda somos o país da impunidade. Da impunidade altaneira, orgulhosa, incensada, cortejada e mantida por vassalos ilustrados', afirma procurador Júlio Marcelo


Imagem: Montagem / Folha Política
O procurador de contas Júlio Marcelo de Oliveira fez um lamento eloquente da decisão tomada por Gilmar Mendes, Dias Toffoli e Ricardo Lewandowski de soltar o ex-ministro José Dirceu. Júlio Marcelo enfatizou que, apesar de todos os avanços no combate à corrupção, o Brasil continua sendo o país da impunidade: "Ainda somos o país da impunidade. Da impunidade altaneira, orgulhosa, incensada, cortejada e mantida por vassalos ilustrados".



Leia também: 
Recurso de Dirceu no TRF4 está pronto para ser julgado desde janeiro
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...