quarta-feira, 17 de maio de 2017

'Enquanto diziam que éramos contra um partido ou outro, a Procuradoria da República se manteve firme na sua tarefa de revelar a corrupção político-partidária sistêmica que mina todos os esforços da população para trabalhar e crescer por esforços e méritos próprios', diz procurador da Lava Jato


Imagem: Reprodução / Redes Sociais
O procurador Carlos Fernando dos Santos Lima, integrante da força-tarefa da Lava Jato, comentou as revelações de hoje, que põem por terra o argumento de que a Lava Jato perseguiria um único partido: "Enquanto diziam que éramos contra um partido ou outro, a Procuradoria da República se manteve firme na sua tarefa de revelar a corrupção político-partidária sistêmica que mina todos os esforços da população para trabalhar e crescer por esforços e méritos próprios".



Leia abaixo o texto de Carlos Fernando dos Santos Lima:

É preciso acreditar em um trabalho sério desenvolvido pelo Ministério Público Federal desde o início de 2014. Enquanto diziam que éramos contra um partido ou outro, a Procuradoria da República se manteve firme na sua tarefa de revelar a corrupção político-partidária sistêmica que mina todos os esforços da população para trabalhar e crescer por esforços e méritos próprios. Não sejamos maniqueístas de achar que ou é o partido X ou o partido Y o problema. É muito mais que isso. Nem também aceitemos a ideia de que precisamos encerrar as investigações, jogando tudo debaixo do tapete, em troca de uma recuperação econômica. Enquanto não mudarmos a política e as leis processuais e penais, viveremos uma crise atrás de outra. Precisamos acreditar que é possível mudar. Abraços a todos. Carlos Fernando
Leia também: 
Magno Malta expõe hipocrisia de Lindbergh Farias: 'agora delação vale?'; assista
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...