domingo, 28 de maio de 2017

Janaína Paschoal retruca tentativas de 'acordão' para salvar corruptos: 'A esmagadora maioria da população não gosta da ideia de passar uma borracha em tudo. Nós queremos os fatos apurados e os culpados punidos!'


Imagem: Montagem Ilustrativa / Folha Política
A jurista Janaína Paschoal emitiu sua opinião a respeito das tentativas de "acordão" do meio político brasileiro. Segundo ela, "A esmagadora maioria da população não gosta da ideia de passar uma borracha em tudo. Nós queremos os fatos apurados e os culpados punidos!". 

No ensejo, ela prossegue: "Ninguém sabe exatamente o que vai ocorrer, como bem diz a Ministra Carmen Lúcia, a Constituição Federal é nossa segurança. De todo modo, seria muito bom que os homens e mulheres que estão no poder compreendessem que o país não aguenta mais tanto desrespeito. Eventuais candidatos à sucessão presidencial deveriam pensar bem se nada devem mesmo. Quem sentar na cadeira presidencial será devassado! Não adianta tentar continuar com os conchavos de outrora, a população está consciente e atenta. Antes, era mais fácil nos enganar. O pior caminho que o Congresso pode trilhar é colocar alguém na Presidência, com a missão de livrar a cara de todos. Será um novo erro! Sei que parece frase de efeito, mas não é! O país só vai funcionar quando os poderosos perceberem que a lei também vale para eles! Peço, encarecidamente, que não cometam o desatino de extinguir a punibilidade de ex-presidentes, mediante graça, ou indulto individual", afirma.

Leia também: 
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...