segunda-feira, 15 de maio de 2017

Ministro Celso de Mello, do STF, desmente jornalista do grupo UOL/Folha de São Paulo


Imagem: Reprodução / Redes Sociais
A jornalista Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo (que não tem qualquer vínculo com a Folha Política), afirmou que ministros do STF estariam dispostos a votar contra o entendimento da corte em repercussão geral para livrar o ex-presidente Lula da prisão. O ministro Celso de Mello, citado na matéria, divulgou nota desmentindo a jornalista. 




Leia abaixo a Nota à Imprensa divulgada pelo ministro Celso de Mello:

"A propósito de matéria publicada na coluna da jornalista Mônica Bergamo, na “Folha de S. Paulo”, edição de hoje, 15/05/2017, quero esclarecer que a minha posição a respeito da possibilidade de execução provisória da condenação penal, desde que confirmada por Tribunal de 2º grau, observa e respeita, integralmente, o princípio da colegialidade – não obstante entendimento diverso (porém minoritário) que externei nos três julgamentos plenários desta Corte que consagraram essa nova orientação –, de tal modo que não procede a afirmação de que eu tenderia a insurgir-me contra referida diretriz, firmada, soberanamente, nessa específica questão, pelo Plenário do Supremo Tribunal Federal."Brasília, 15 de maio de 2017.Ministro CELSO DE MELLO

Leia também: 
Jornalista denuncia trama para adiar o fim do foro privilegiado
Nova defesa de Palocci diz que Lava Jato não fez ‘exigências’ para delação

Veja também: 





Luciana Camargo
Folha Política
Leia mais notícias do poder e da sociedade em Folha Política  
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...