quarta-feira, 31 de maio de 2017

PF deflagra segunda fase da operação Carne Fraca


A primeira fase da operação expôs um esquema que permitia
a venda de carne podre
Imagem: Reprodução / Redes Sociais
A Polícia Federal (PF) cumpriu um mandado de prisão preventiva, em Goiás, e três de busca e apreensão durante a deflagração da segunda fase da Operação Carne Fraca.


A investigação apura suposto esquema de corrupção que envolveria a indicação de fiscais do Ministério da Agricultura nos Estados, alocados em cota política, principalmente do PMDB, de acordo com as investigações.

A PF informou que o preso será levado de avião à sede paranaense da instituição, em Curitiba.

Acusado de ser o líder do suposto esquema de corrupção, o ex-fiscal Daniel Gonçalves está em fase avançada de negociação para fechar acordo de delação premiada.

Gonçalves já citou, em seus depoimentos, o ex-ministro da Justiça e deputado federal Osmar Serraglio (PMDB-PR) e outros parlamentares com privilégio de foro. Se for assinado, o acordo será firmado com a Procuradoria-Geral da República.

Leia também: 
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...