sexta-feira, 19 de maio de 2017

Procurador da Lava Jato apresenta delação que aponta que Temer pediu R$300 mil para 'guerrilha política' defendê-lo nas redes sociais


Imagem: Montagem / Folha Política
O procurador e coordenador da força-tarefa da Lava Jato, Deltan Dallagnol, chamou a atenção para um trecho da delação de Joesley Batista que menciona pagamentos a um marqueteiro para fazer "guerrilha virtual" nas redes sociais. O anexo dizia: "[Temer] pediu a JB [Joesley] propina no valor de R$ 300 mil para pagar despesas de marketing político pela internet, pois o mesmo estava sendo duramente atacado no ambiente virtual".



O empresário admitiu que pagou ao marqueteiro de Temer, Elsinho Mouco, R$ 300 mil em espécie. Deltan Dallagnol comentou: "Mais evidências da guerrilha política paga em ambiente virtual. Com nosso dinheiro. Os fakes devem estar trabalhando agora mesmo".

Leia também: 
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...