quinta-feira, 11 de maio de 2017

'Temer seduz deputados com R$1,9 bilhão em emendas para votar Previdência. E o povo que se exploda!', acusa Levy Fidelix


Imagem: Montagem Ilustrativa / Folha Política
Em reunião na segunda-feira, o presidente Michel Temer determinou que seus ministros privilegiem cerca de 330 parlamentares na distribuição dos recursos de emendas parlamentares, em troca de votos pela reforma da Previdência. Segundo estimativa do próprio governo, os projetos indicados por esses parlamentares ainda têm R$ 1,9 bilhão a receber até o fim do ano.


O presidente do PRTB, Levy Fidelix, criticou a barganha de votos: "Será que o Temer tem que pagar quase 2 bilhões para que os deputados votem com consciência, convicção, ideologia?". E criticou: "1 bilhão e 900 milhões de reais para comprar ideologia, para comprar cabeças".  Assista ao vídeo:



Levy Fidelix sugeriu a Temer, Rodrigo Maia e Meirelles que "façam o dever de casa", levantando os grandes devedores, como Vale, Petrobras, BB, Bradesco, Itaú, Rede Globo. "Pegue esse povo e mande pagar primeiro. Recebe essa grana, e depois você vai saber o déficit real". Para o presidente do PRTB, o governo está optando por tratar as dívidas dos grandes devedores como irrecebíveis, "e agora vão então penalizar quem pagou o INSS a vida toda, a pessoa que contribuiu a vida toda para ter um mínimo para sobreviver, já que a qualidade de vida não existe em nosso país e agora vai trabalhar mais".

Leia também: 
'Lula é psicopata mesmo: entregou até a própria esposa; se preciso vai entregar seus próprios filhos', afirma estudioso
Fidelix acusa o governo de maquiar as contas para sobrar dinheiro e pagar aos bancos, que já têm lucros exorbitantes. Assim, sugere que Temer cobre os grandes devedores, mas inciando pelos banqueiros: "Primeiro receba de quem deve; aí você vai saber como fazer uma reforma justa"

A reforma da Previdência foi aprovada na comissão especial da Câmara dos Deputados e seguirá para votação no plenário, o que pode ocorrer ainda este mês. O governo precisa do apoio de pelo menos 308 deputados, em dois turnos de votação, antes de seguir para o Senado

Veja também: 





Luciana Camargo
Folha Política
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...