quinta-feira, 8 de junho de 2017

'Olavo de Carvalho foi o primeiro a denunciar o Foro de São Paulo. Salvou o Brasil dos comunistas e petralhas', diz Levy Fidelix


Imagem: Produção Ilustrativa
O presidente do PRTB, Levy Fidelix, pronunciou-se a respeito da polêmica que norteia a estreia do documentário O Jardim das Aflições, baseado em livro homônimo. No Cine PE 2017, Sete cineastas solicitaram que seus filmes fossem retirados da mostra pernambucana em protesto à seleção de dois longas-metragens: Real - O Plano por Trás da História e o documentário sobre Olavo de Carvalho. "Olavo de Carvalho salvou o Brasil. Foi o primeiro a denunciar o Foro de São Paulo com todas as letras. O Brasil precisa honrá-lo e defendê-lo. Sem ele, poderíamos estar, ainda, sob o domínio dos comunistas e petralhas. Todos devem isso a ele", afirma o político.

De acordo com Fidelix, sem a intervenção de Olavo de Carvalho no pensamento brasileiro, contribuindo de maneira indelével e permanente na formação de jovens e adultos livres da doutrinação de esquerda, jamais teria havido uma "reviravolta" política no Brasil. "As pessoas estariam até hoje imersas no obscuro e destrutivo mecanismo de aniquilação de mentes promovido pela doutrinação de esquerda. Olavo de Carvalho mostrou que existe outro caminho, o caminho da verdade. Toda a direita brasileira foi influenciada, direta ou indiretamente, por ele, ainda que alguns possam negar", relata.

"Toda revolução na política de um país nasce antes pelo pensamento. Olavo de Carvalho plantou, por quase 20 anos, ideias de mudança e de retorno a uma condição intelectual e ideológica digna para o país. É emocionante, inclusive, ver o relato de tantas pessoas que sentiam, mesmo que inconscientemente, que 'algo estava errado' em nosso país, mas não entendiam a razão pela qual não simpatizavam com o propagado pela grande mídia, pelos artistas, pelos políticos que dominam o cenário, e 'acordaram', saíram da caverna ao conhecer o trabalho deste grande brasileiro", afirma.

De acordo com o político, Olavo de Carvalho "rompeu a barreira" do "Gramscismo". "A aplicação do Gramscismo no Brasil foi contundente. Matou a intelectualidade, doutrinou os talentos, deturpou a verdade, idiotizou as consciências. Olavo de Carvalho quebrou esta barreira e iluminou as mentes. Por isso, todos os cidadãos precisam defendê-lo. O documentário O Jardim das Aflições, de Josias Teófilo, precisa ser exibido para todos os brasileiros e em todo o Brasil", conclui.

Leia também: 
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...