sábado, 17 de junho de 2017

Vaivém de FHC mostra que tucanato está zonzo, diz colunista


Imagem: Reprodução / Redes Sociais
O colunista Josias de Souza analisa o comportamento errático do PSDB nos últimos tempos e afirma que o vaivém de membros do partido indica exatamente que o partido está zonzo e sem rumo. 



Leia abaixo o texto de Josias de Souza:

Três dias depois que o PSDB renovou seu apoio a Michel Temer, Fernando Henrique Cardoso, presidente de honra dos tucanos, defende a antecipação de eleições gerais. Há menos de um mês, FHC dizia que antecipar eleições, uma bandeira do PT, seria um “golpe”. Mas o líder máximo dos tucanato mudou de ideia. Ele agora avalia que, pelo andar da carruagem, pode haver uma erosão do poder, que levaria as ruas a exigirem a antecipação do voto.
Está difícil de entender. O PSDB ameaçou desembarcar do governo. Terminou confirmando o casamento com um presidente prestes a ser denunciado por corrupção, cujo staff político é composto de presos ou investigados. FHC apoiou a decisão. Agora, diz que “preferiria atravessar a pinguela, mas se ela continuar quebrando será melhor atravessar o rio a nado…”
FHC cobra espírito público e grandeza dos outros sem dizer nenhuma palavra sobre o correligionário Aécio Neves, com a estatura já rente ao chão. A crise deixou o PSDB zonzo. Hegel, um autor que FHC aprecia muito, certa vez comparou a filosofia com a coruja da deusa Minerva. Ela carrega toda a sabedoria do mundo, mas só voa ao anoitecer, depois que tudo já aconteceu. No fundo, os tucanos estão virando corujas inúteis. Especializam-se na lamentação depois do fato.

Leia também: 
'Temer é corrupto, fato. Mas Joesley ficou bilionário durante o governo Lula corrompendo só o futuro vice da Dilma? Estranho', indaga Hélio de la Peña
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...