sábado, 15 de julho de 2017

Deputado que propôs a 'emenda Lula' era o 'Palmas' na lista de propina da Odebrecht


Imagem: Reprodução / Redes Sociais
O jornalista Silvio Navarro, da revista Veja, lembra que o deputado Vicente Cândido, relator da reforma política, foi citado na lista de propina da Odebrecht. Vicente Cândido propôs que os políticos não possam ser presos até oito meses antes da eleição, no que está sendo chamado de "emenda Lula". 

Leia abaixo o texto de Silvio Navarro: 

O deputado Vicente Cândido, do PT de São Paulo, não tem vergonha. Informa a coluna do Estadão deste sábado: “Sem alarde, o deputado Vicente Cândido (PT-SP) incluiu no seu relatório na Comissão de Reforma Política artigo que, se aprovado, vai impedir a partir da eleição de 2018 a prisão de candidatos até oito meses antes da eleição. A mudança altera o Artigo 236 do Código Eleitoral, que proíbe a prisão 15 dias antes do pleito. Já ganhou o apelido de “emenda Lula”. 
Vicente Cândido era o “Palmas” na lista da propina da Odebrecht. Segundo executivos da empresa —  Alexandrino de Salles Ramos de Alencar , Carlos Armando Guedes Paschoal e Benedicto Barbosa da Silva Júnior — que assinaram acordo de delação premiada, o petista recebeu 50 000 reais para ajudar a erguer o estádio do Corinthians, em Sâo Paulo, no ano de 2010, quando concorria à cadeira de deputado.
Vicente Cândido foi escolhido para ser relator da reforma política que vai mudar o país. Palmas para a Operação Lava Jato!

Leia também:
Comandante do Exército pede novas lideranças para 2018 e rejeita Lula indiretamente
Líder da "Lava Jato italiana" responde a pergunta capciosa e dá aula ao UOL sobre condenação de Lula
Janaína Paschoal afirma que Gleisi Hoffmann pode ser presa preventivamente a qualquer momento por incitar ações contra a Justiça
PGR vai denunciar presidente do Senado por propina

Veja também: 


 
 

Luciana Camargo 
Folha Política
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...