quinta-feira, 20 de julho de 2017

Ex-assessor de Evo Morales é preso com 100 quilos de cocaína pura em SP


Imagem: Reprodução / Redes Sociais
No dia 7 de julho passado, às 23h53, o delegado de polícia civil José Eduardo Jorge, de São Bernardo do Campo, prendeu em flagrante Leonardo de Faria, Everton Gambarró Ploia, Olbis Rueda Garcia e Romer Gutierrez Quezada. Portavam num carro 99 quilos e 245 gramas de cocaína pura, com porções da droga distribuídas em 100 tijolos.


O delegado achou que eram simples traficantes. Lavrou o Boletim de Ocorrência sob o número 228/2017.

Mas as investigações avançaram. E a inteligência do Ministério Público de SP trocou figurinhas com a DEA, a toda-poderosa agência anti-drogas dos EUA.

Aí veio a surpresa, nessa terça-feira, 18 de julho, que o blog de Cláudio Tognolli revelou: Romer Gutierrez Quezada foi assessor especial do presidente da Bolívia, Evo Morales, e trabalhou para sua campanha no partido MAS (Movimento para o Socialismo). Vale lembrar que Evo era líder sindical dos cocaleros, os plantadores de folhas de coca.

Leia também: 
Ao marcar depoimento de Lula, Moro lembra fracasso de manifestações em Curitiba
Avançam negociações para recriar o imposto sindical
Janaína Paschoal pressiona o STF para que aprove delação de Marcos Valério: 'A Lei é clara: Marcos Valério tem direito a fazer a delação; o Brasil tem interesse em ouvi-lo. Peço ao STF que homologue o acordo com a PF!'
Moro marca interrogatório de Lula para setembro


Veja também:  
 

Cláudio Tognolli
Yahoo! Notícias
Editado por Folha Política
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...