sábado, 8 de julho de 2017

Itaú não enviou à Justiça 10 milhões bloqueados de Adriana Ancelmo


Imagem: Rodolfo Buhrer /  Reuters
Sérgio Moro sustenta que o Itaú descumpriu uma decisão judicial ao não transferir os 10 milhões de reais de Adriana Ancelmo, mulher de Sérgio Cabral, bloqueados por ordem do juiz.


Em despacho enviado ao banco na quinta-feira, Moro determina o prazo de três dias para que seja feito o repasse da bolada a uma conta judicial na Caixa.

“Na impossibilidade da transferência, solicito que exponha justificativa técnica ou operacional para o impedimento”, conclui o magistrado.

Leia também:  
Fim de equipe exclusiva da PF tira prioridade da Lava Jato, diz procurador da operação

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...