sábado, 8 de julho de 2017

‘Nós vamos retomar o governo do Brasil’, diz José Dirceu em áudio


Imagem: Reprodução / Veja
José Dirceu (PT), ex-ministro da Casa Civil e homem forte do governo Lula, gravou um áudio para a militância petista dizendo que seu grupo político vai “retomar o governo do Brasil”. No áudio, que circula em redes sociais, Dirceu afirma que os adversários do PT “deram um golpe, rasgaram a constituição, rasgaram o pacto social”.


A gravação dura 45 segundos e teria sido feita por Dimas Roque, dirigente petista que atua na área de mídias digitais. “Quase boa noite em Brasília. Brasília está fria, é coisa rara. Aqui é o Zé Dirceu, estou aqui com o Dimas. Quero mandar um abraço fraterno, afetivo, de gratidão a todos. Continuo firme, de pé e na luta. Como vocês sabem, nós vamos retomar o governo do Brasil. Eles tomaram na mão, deram um golpe, rasgaram a Constituição, rasgaram o pacto social, mas o povo está conosco. Vamos voltar. Um grande abraço. Tuiteiros do PT, na luta”, diz o ex-ministro no áudio.

Leia também: 
Cúpula do PSDB e deputados se opõem em relação à denúncia contra Temer
Janot pede depoimento e prestação de contas de Serra em 2010
Por apoio do PSDB, Temer busca FHC como última cartada
Geddel cobrou propina para liberar R$ 2,7 bilhões da Caixa para Joesley comprar Alpargatas, diz delator
Petistas admitem abrir mão de disputar o governo de SP


Dirceu deixou a cadeia em maio, após a 2ª Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) ter revogado, por 3 votos a 2, a prisão preventiva do ex-ministro. O juiz Sergio Moro acatou a decisão, mas determinou o uso de tornozeleira eletrônica e proibiu Dirceu de manter contato ou se encontrar com investigados na operação e de sair dos limites da cidade onde declarou residência — no caso, Brasília.

O ex-ministro tinha sido preso em 3 de agosto de 2015, nove meses após ter deixado o presídio da Papuda, no Distrito Federal, para cumprir prisão domiciliar no escândalo do Mensalão. Ele foi o alvo principal da 17ª fase da Operação Lava Jato, batizada de Pixuleco, em referência ao nome supostamente usado por petistas para se referir a propina.

Dirceu já foi condenado a mais de 31 anos de prisão por Moro por crimes como corrupção passiva, lavagem de dinheiro e pertinência da organização criminosa.

Veja também: 

 
 


Veja

Editado por Folha Política
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...