sábado, 1 de julho de 2017

'Vocês não acham uma grande coincidência que todas essas decisões ocorram a um só tempo, às vesperas da sentença referente a Lula?', questiona Janaína Paschoal


Imagem: Produção Ilustrativa / Folha Política
A semana que passou trouxe uma enxurrada de decisões judiciais que surpreenderam os brasileiros e agradaram a políticos encrencados na Lava Jato. A jurista Janaína Paschoal, autora do pedido de impeachment de Dilma, chama a atenção para o fato de que as decisões ocorrem às vésperas do julgamento do ex-presidente Lula. E alerta: "Acordem!". 


Leia abaixo as reflexões de Janaína Paschoal: 

Sei que muitos interpretam as decisões conflitantes como prova de tratamento diverso entre gregos e troianos! Não são!
Vocês estão vendo políticos reclamarem das últimas decisões? Eu não! Vejo o povo reclamando, por razões várias.
As últimas decisões atentam contra o processo de depuração, que não vê siglas. Agradam a todos os implicados, que estão unidos contra nós!
Por isso tenho insistido que estão errados os que fazem vistas grossas para com os crimes de alguns. Essa omissão só fortalece o crime.
Eu escrevi, mais de uma vez, que os riscos ao processo de depuração não vinham do Congresso.
Vocês não acham uma grande coincidência que todas essas decisões ocorram a um só tempo, às vésperas da sentença referente a Lula?
Eu nunca acreditei em coincidências! Acordem!
Leia também: 
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...