terça-feira, 15 de agosto de 2017

‘Eleições precisam ser barateadas’, diz Barroso


Imagem: André Dusek / Estadão
Um dos maiores especialistas em reforma política do País, o ministro do STF Luís Roberto Barroso tem acompanhado o debate sobre a proposta no Congresso. Ele reforça o coro contra a aprovação de um fundo público de financiamento eleitoral com um custo de R$ 3,6 bilhões. “Em lugar do financiamento, é preciso pensar no barateamento das eleições”, disse à Coluna. Barroso acha que devem acabar as “superproduções de televisão” nos programas eleitorais. Para ele, o ideal seria ser “só o candidato, uma câmera e as ideias que tiver”.



A comissão especial da reforma política pode concluir hoje a votação da proposta, que não ataca os gastos com marqueteiros.

Leia também: 
Procurador diz que Joesley omitiu crimes cometidos no BNDES
As pessoas perdem a fé na democracia quando veem que a trapaça é regra e permanece impune, diz Moro
Ator Fábio Assunção anuncia que vai se filiar ao PT e vira piada: 'carreira longa ao novo filiado'
Juiz recebeu em julho meio milhão de salário
Na operação Hammer On, PF e Receita cumprem 153 mandados em cinco estados
PF cumpre mandados do STJ na sede do governo do RN e na casa do governador do estado
Réu em 6 processos, Lula volta a atacar o juiz Sergio Moro com baixaria
'Basta o Maduro chamar que o PT vai correndo lamber a mão dele', ataca Aloysio Nunes
Procurador da Lava Jato 'abre o jogo' e diz que proposta de reforma política é solução cínica e mantém corrupção


Veja também: 




Coluna do Estadão

Editado por Política na Rede
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...