quinta-feira, 24 de agosto de 2017

Gilmar Mendes 'tira o corpo fora' e não decide sobre nova prisão do homem que ele soltou


Imagem: Reprodução / Redes Sociais
O ministro Gilmar Mendes decidiu nesta quinta-feira (24) que a responsabilidade sobre a nova prisão de Rogério Onofre é do juiz do Rio de Janeiro Marcelo Bretas.



Um dos presos na Operação Ponto Final, na qual também foi preso o empresário Jacob Barata Filho, Rogério Onofre foi solto nesta quinta após habeas corpus concedido por Gilmar.

Leia também: 
Governo Dilma volta a ser alvo de investigação penal por pedaladas fiscais
Juízes gritam 'Fora, Gilmar!' em ato de desagravo ao juiz Marcelo Bretas
Juízes federais fazem ato de apoio a Bretas e contra Gilmar
Em carta aberta ao Supremo, procuradores atacam Gilmar Mendes e pedem providências
Senado rejeita sugestão de anistia a Bolsonaro por suposta incitação ao estupro
Moro aceita denúncia e Aldemir Bendine torna-se réu
Possibilidade de prisão de Lula subiu no telhado, diz colunista

Onofre é ex-presidente do Departamento de Transportes e do Estado do Rio e o Ministério Público havia pedido ao juiz Marcelo Bretas que não o soltasse, argumentando que Onofre tem feito ameaças a outros presos na operação e às famílias deles.

Bretas, contudo, decidiu encaminhar ofício a Gilmar Mendes. Mas o ministro entendeu que não cabe a ele a decisão, mas, sim, ao juiz do Rio.


Veja também:





Gerson Camarotti
Blog do Camarotti
Editado por Política na Rede  
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...