segunda-feira, 14 de agosto de 2017

Temendo rebeliões, governo desiste de acabar com auxílio-reclusão


Imagem: Reprodução / Redes Sociais
O presidente Michel Temer recuou da intenção de acabar com o auxílio-reclusão, benefício concedido às famílias de presidiários que contribuem para o INSS. Na reunião de domingo à noite, o ministro Eliseu Padilha (Casa Civil) e o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, convenceram Temer a desistir da proposta a fim de evitar rebeliões nos presídios.



O corte no benefício era um desejo da equipe econômica porque geraria uma economia de R$ 600 milhões em 2018, segundo dados do Ministério da Fazenda. Um ministro ouvido pela Coluna alegou ter alertado que não havia sentido manter o benefício diante da atual situação fiscal do País, mas perdeu a queda de braço.

Leia também: 
Senadora Ana Amélia 'rompe o silêncio' e destroça 'bolsa-político' de bilhões: 'Quando faltam leitos nos hospitais, faltam vagas nas escolas e falta segurança, como explicar a sociedade que os partidos terão R$ 3,6 bilhões de recursos públicos para a campanha eleitoral?'
Fomos convidados ao Jaburu, à noite, e nos recusamos, diz procurador da Lava Jato
Janot corre para concluir delação da OAS antes do fim de seu mandato
‘Pai’ da Lava Jato diz que PGR tenta ‘reduzir a capacidade da polícia’ de investigar
Irmãos Batista continuam escondendo o 'sócio oculto da Friboi', diz procurador
'Mas para o carnaval tem 13 milhões, né?', questiona procurador após ministro da Justiça dizer que falta de dinheiro deve afetar operações da PF
Delatores da Odebrecht desviavam até das contas de propina da empresa, diz advogado que não participou da delação
PF, MP, CVM e até mulher de Joesley ameaçam acordo da JBS
94% dos eleitores brasileiros não se veem representados por políticos
Desgaste provocado por crise política faz partidos buscarem estratégias de 'renovação'
Chico Pinheiro se revolta e faz desabafo contundente: 'Estamos perdidos! Centenas de picaretas na Câmara Federal fazem mudanças nas leis eleitorais: assaltam nossos bolsos e não largam o osso'

Veja também: 




Andreza Matais e Naira Trindade
O Estado de S. Paulo
Editado por Política na Rede
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...