quarta-feira, 13 de setembro de 2017

Alexandre de Moraes diz que prisões de executivos da JBS são ‘absolutamente corretas’


Imagem: Nelson Jr / STF
O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), elogiou nesta quarta-feira a decisão do colega Edson Fachin de prender os executivos da JBS Joesley Batista e Ricardo Saud. Hoje pela manhã, foi preso também Wesley Batista, também executivo da empresa. As prisões são temporárias e têm duração de cinco dias. Esse prazo pode ser renovado. Há também a possibilidade de conversão em prisão preventiva, que não tem prazo para terminar.



— Absolutamente corretas (as prisões). Agora, espero que a prisão temporária aqui no Supremo seja convertida em preventiva — declarou.

Leia também: 
STF inicia julgamento sobre afastamento de Janot e denúncia contra Temer; assista ao vivo
Sem diploma, Joesley pode ficar preso em cela comum
Enquanto atenções se voltam para Lula e Dirceu, Câmara votará fundo para campanhas
'Exército de Lula' treina cordão de isolamento para receber o ex-presidente réu em Curitiba
Consulta pública sobre revogação do Estatuto do Desarmamento já tem mais de 100 mil apoios


Na avaliação de Moraes, os novos áudios apresentados pelos executivos, apesar de mencionarem o STF, não há nenhum fato supostamente ilegal atribuído aos ministros. O ministro disse que a justificativa de que os empresários estavam bêbados não é suficiente para inocentá-los.

— Nenhum dos áudios falou nada funcional em relação a ministro do Supremo. São questões arrogantes, são criminosos que não estavam bêbados. Agora, a desculpa de estar bêbado é fácil. Criminosos arrogantes que falaram coisas absolutamente imorais e ofensivas em relação a alguns ministros, mas sem nenhuma ligação com o cargo. Ou seja, não há nada em relação ao Supremo nesses áudios, salvo agressões gratuitas de criminosos que já deveriam estar, e agora estão, na cadeia — declarou.


Veja também:




 

Carolina Brígido
O Globo
Editado por Política na Rede
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...