sábado, 2 de setembro de 2017

'Constrangimento é a sua decisão sr. Juiz! Será que tem mãe, irmã, filha?', questiona Sthefany Brito a juiz que soltou o abusador do ônibus


Imagem: Produção Ilustrativa / Gazeta Social
A atriz Stephany Brito revoltou-se com a decisão do juiz José Eugenio do Amaral Souza Neto, que soltou um homem preso em flagrante após ejacular em uma mulher dentro de um ônibus. Para o juiz, não se configurou o crime de estupro porque "não houve constrangimento tampouco violência ou grave ameaça". A atriz retrucou: "Constrangimento é a sua decisão sr. Juiz! Será que tem mãe, irmã, filha?".



Leia também: 
PT tem dificuldades para estimular militantes a acompanhar Lula em novo depoimento a Moro
"Agarre o p* do filho da pu**, torça e grite Tarado!'", recomenda Roger, do Ultraje a Rigor, para situações de abuso em transporte público
'Estranho país o Brasil. Aboliu os cigarros em locais públicos, mas não impede que pervertidos ejaculem na cara das mulheres em ônibus', ataca jornalista
'Como pode alguém não considerar uma violência um homem ejacular no pescoço de uma mulher num ônibus? Inacreditável', protesta Ana Luiza Guimarães
'Petista gosta de ejacular em mulher dentro de ônibus, cuspir em mulher dentro de restaurante e cagar no meio da Paulista', ataca Alexandre Frota
'Já são 16 passagens por crimes sexuais. Será que a justiça vai soltar de novo?', questiona Cesar Tralli após abusador do ônibus ser preso novamente
'Difícil até escrever. Um homem ejacula no pescoço de uma mulher em ônibus e juiz entende que não houve constrangimento ou violência à vítima', desabafa Maria Beltrão

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...