sexta-feira, 22 de setembro de 2017

Lula defende 'autofinanciamento' do PT: 'Quem tem que financiar nossas armas somos nós mesmos'


Imagem: Reprodução / Redes Sociais
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) disse nesta sexta-feira (22) em São Paulo que o partido deve se financiar por meio apenas de seus filiados, sem recorrer a dinheiro de empresas ou fundos públicos vistos como imorais pela sociedade.


"A gente tem que voltar a educar o nosso povo que um partido como o nosso tem que se autofinanciar", disse. "Quem tem que financiar nossas armas somos nós mesmos."

Lula disse que mesmo pequenas doações podem evitar que o partido recorra a dinheiro de empresas e "ficar fazendo negociata atrás de um fundo que a sociedade que possa ser imoral". O ex-presidente, entretanto, defendeu a criação de um fundo partidário.

Leia também: 

As declarações do petista foram dadas durante o anúncio da nova campanha de filiação do PT, que mira o público jovem e o uso de ferramentas digitais para aumentar o número de associados à legenda.

Para o ex-presidente, o PT "não pode ficar só no Lula". Ele afirmou que o partido deve mapear "personalidades" do mundo acadêmico, da juventude e de movimentos sociais para que elas sejam filiadas e, depois, atuem para angariar mais gente para a legenda. Lula também cobrou de deputados que atuem para filiar seus eleitores.

Lula brinca com filiações após condenação

O ex-presidente chegou a brincar com o aumento do número de filiações ao partido após sua condenação em primeira instância em processo da Operação Lava Jato. Segundo relato de Carlos Árabe, secretário de comunicação do PT, o partido teve cerca de 1.000 filiações no dia em que Lula foi condenado, em julho, contra uma média diária de 50.

"Se eu for condenado, o PT vai ganhar muita filiação", disse o ex-presidente, que é réu em outros sete processos.

Lula criticou o fato de partidos estarem mudando de nome "com vergonha de dizer que são partidos políticos", sem citar nomes. Legendas como o DEM e o PMDB estariam estudando fazer isso, e outras menores já o fizeram (o PTN virou Podemos e o PTdoB, Avante).

"Daqui a pouco é 'maionese', 'vamo que vamo', 'nós podemos', 'nós queremos'", disse. "Nós nascemos PT e queremos terminar sendo PT."

Veja também:




Bernardo Barbosa
UOL
Editado por Política na Rede
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...