quarta-feira, 20 de setembro de 2017

'O cara do MST diz que vai pegar em arma e ninguém recrimina', diz Magno Malta ao defender o General Mourão


Imagem: Produção  Ilustrativa  / Gazeta Social
O senador Magno Malta manifestou-se favoravelmente a um requerimento que convocava o general Hamilton Mourão à Comissão de Direitos Humanos. O general Mourão defendeu que o Exército pode agir se o Judiciário não cumprir seu papel. Magno Malta afirmou que a convocação dará ao general uma oportunidade a mais para se expressar, e enfatizou a diferença de tratamento que é dada aos membros da extrema-esquerda: “O ativista do MST pode ir dentro do Palácio do Planalto e dizer que vai pegar em arma para defender Dilma (Rousseff), tenho o vídeo comprovando o acontecimento com os senadores presentes. Aí o general não pode falar. Só eles podem? Nós vamos ouvir o general e fazer o debate”.



Veja o trecho da fala do general que causou polêmica: 

 



Leia também: 
Maioria do STF vota pelo envio da 2ª denúncia contra Temer à Câmara
Justiça nega liberdade a filho do 'Rei do Ônibus', mas decisão de Gilmar o mantém em casa
STF julga suspensão da 2ª denúncia contra Temer
Gilmar Mendes solta mais um condenado em segunda instância e diz que é necessário aguardar julgamento pelo STJ


Veja também:




Gazeta Social
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...