quinta-feira, 26 de outubro de 2017

Comandante de batalhão da PM é assassinado em ataque a tiros no Rio


O carro do comandante foi atingido por ao menos 17 tiros
Imagem: Reprodução
O comandante do 3º Batalhão da Polícia Militar do Rio de Janeiro, tenente-coronel Luiz Gustavo Teixeira, 48, morreu após ter sido vítima de um ataque a tiros, nesta quinta-feira (26), na rua Hermengarda, na região do Méier, na zona norte carioca.


O veículo no qual Teixeira estava, descaracterizado e conduzido por um outro PM, foi atingido por ao menos 17 tiros. Segundo informações da corporação, o comandante do 3º BPM sofreu um "atentado a tiros". O motorista também foi baleado, mas sobreviveu. Caberá à Polícia Civil esclarecer as circunstâncias e a motivação do crime.

Leia também: 

"Muito provavelmente pode ter sido um assalto, mas isso ainda é uma possibilidade", afirmou o porta-voz da Polícia Militar, major Ivan Blaz, em entrevista à rádio "BandNews FM".

Blaz disse ainda que a PM realiza neste momento operações em favelas da região do Méier e do Complexo do Lins. O objetivo é identificar, localizar e prender criminosos que tenham participado do assassinato do oficial.

Teixeira chegou a ser levado para o centro cirúrgico do Hospital Municipal Salgado Filho, no Méier, mas não resistiu aos ferimentos. O comandante estava na corporação há 26 anos e era pai de dois filhos. Ele esteve à frente do batalhão por um ano e seis meses.

Veja também:






Hanrrikson de Andrade e Silvia Ribeiro
UOL
Editado por Política na Rede
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...