terça-feira, 24 de outubro de 2017

Defesa de Lula mostra recibos de aluguel que diz serem originais


Imagem: Reprodução / Redes Sociais
A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva realizou uma entrevista coletiva nesta terça-feira (24) para anunciar que 31 recibos originais de aluguel do apartamento vizinho ao de Lula em São Bernardo do Campo (SP) serão entregues à 13ª Vara Federal de Curitiba ainda nesta tarde.


A entrega será acompanhada de um notário para dar fé pública ao ato. Segundo o advogado Cristiano Zanin, a decisão é uma segurança para a defesa e dá transparência ao processo.

Leia também: 

Os advogados mostraram aos jornalistas os recibos que dizem ser originais, assim como o contrato de locação celebrado entre o empresário Glaucos da Costamarques e a mulher de Lula, Marisa Letícia, que morreu em fevereiro deste ano.

Também foi apresentada uma carta de Costamarques a Marisa, de janeiro de 2017, na qual o empresário pede que o pagamento do aluguel seja realizado em outra conta bancária. A defesa ressalta que não há qualquer pedido de quitação de dívida no documento.

"A declaração de quitação é a prova mais plena de pagamento de um valor de locação. Quando Moro [Sergio, juiz] recomendou que fossem apresentados os recibos, é porque ele sabe que a lei brasileira dá valor", afirmou Zanin.

O advogado voltou a repetir que a acusação é responsável por produzir provas, e não a defesa.

Costamarques é suspeito de ter atuado como laranja na aquisição do apartamento. O imóvel, segundo a acusação, teria sido comprado com propina da Odebrecht, obtida por meio de oito contratos com a Petrobras.

O empresário afirma que só passou a receber os aluguéis do apartamento no final de 2015.

"Se o sr. Glaucos diz que não recebeu por que não moveu uma ação?", questionou o advogado de Lula nesta terça. Zanin também afirma que o foco da ação foi substituído. "Nenhuma prova foi apresentada que recursos oriundos desses oito contratos tenham sido utilizados. É importante recuperar que essa ação penal não trata de locação."

No final de setembro, a defesa de Lula enviou à Justiça 26 recibos de aluguel com o objetivo de comprovar os pagamentos.

Costamarques, então, disse que todos os recibos foram assinados no mesmo dia, durante sua internação. Segundo ele, após visita do advogado Roberto Teixeira, amigo de Lula, o contador João Leite foi ao hospital recolher sua assinatura.

O Sírio-Libanês confirmou no dia 11 de outubro que Leite fez três visitas a Costamarques, mas disse que o nome de Teixeira não constava nos registros.

Em declaração apresentada pela defesa de Lula no mesmo dia, o contador afirma ter prestado serviços a Costamarques de 2010 a 2015 e ter recebido periodicamente recibos relativos aos pagamentos dos alugueis, a partir de 2011. 

Veja também:





Ana Luiza Albuquerque
Folha de S.Paulo
Editado por Política na Rede
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...