sábado, 14 de outubro de 2017

'STF decidiu, na prática, que parlamentares poderosos podem continuar a receber propinas sem risco de prisão, salvo se azarados e após muitos anos', afirma procurador da Lava Jato


Imagem: Produção Ilustrativa / Correio do Poder
O procurador e coordenador da força-tarefa da Lava Jato em Curitiba, Deltan Dallagnol, resumiu os efeitos da decisão do STF que submeteu o Tribunal ao Legislativo: "o STF decidiu, na prática,  que parlamentares poderosos podem continuar a receber propinas sem risco de prisão, salvo se azarados e após muitos anos". 




Leia também: 

Veja também:






Correio do Poder
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...