sábado, 13 de janeiro de 2018

Líderes petistas estão estimulando militantes a não aceitar a decisão do Tribunal e podem ser responsabilizados por isso, diz Janaína Paschoal


Imagem: Produção Ilustrativa / Gazeta Social
Lideranças petistas vêm solicitando audiências com autoridades relacionadas ao julgamento do ex-presidente Lula. Em audiência com o presidente do Tribunal Regional Federal da 4ª região, que julgará Lula, o magistrado relatou que juízes estão sendo ameaçados e alguns chegaram a tirar suas famílias do Estado. Os parlamentares petistas afirmaram que não incitam à violência, embora seus discursos estimulem a militância a não aceitar a decisão do Judiciário. A jurista Janaína Paschoal cobrou a responsabilização das lideranças petistas. Para Janaína, os líderes do partido estão assumindo o risco dos atos de sua militância, e podem ser responsabilizados, inclusive criminalmente, por isso.




Leia abaixo o texto de Janaína Paschoal: 

O presidente do TRF 4 noticiou que magistrados e suas famílias estão sendo ameaçados no RS. Autoridades petistas dizem se tratar de casos isolados. No entanto, continuam, abertamente, estimulando seus seguidores a não aceitar a decisão do Tribunal. Estão assumindo o risco!

Leia também:
Pela primeira vez, Suíça condena banqueiro por papel na Lava Jato
Mesmo após admitir fraudes nas eleições da Venezuela, Smartmatic é a favorita para fornecer urnas ao Brasil, alerta Álvaro Dias

Todo líder deve ter claro que sua fala vai ganhando força até chegar na ponta, ou seja, nos liderados! Quando autoridades petistas estimulam e até patrocinam revoltas populares estão assumindo os riscos sobre as consequências dessas mesmas revoltas e respondem juridicamente.
Ainda que os líderes do PT não digam "ameacem os juízes e seus filhos"; ao organizarem a baderna no dia 24; criarem o factoide da perseguição política e calarem diante das notícias de ameaças, estão estimulando tacitamente, podendo responder por isso, inclusive juridicamente.
Eu peço a todos aqueles que querem um país diferente, que evitem qualquer tipo de manifestação no dia 24. Fiquem na sua rotina e vamos aguardar o Tribunal decidir.

Veja também:





Gazeta Social
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...