segunda-feira, 26 de fevereiro de 2018

Especialistas que conseguiram invadir urnas eletrônicas farão novo teste


Imagem: Reprodução / TSE
Dois grupos de investigadores que conseguiram invadir o sistema das urnas eletrônicas em um teste de segurança (TPS 2017) realizado em 2017 foram convocados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para um novo teste, nos dias 7 e 8 de maio deste ano. 

Segundo o TSE, "a determinação partiu do diretor-geral do Tribunal, Rodrigo Curado Fleury, em consonância com o Edital do TPS 2017, que estabelece a repetição dos testes, em versão ajustada do sistema eleitoral, antes da Cerimônia Oficial de Assinatura Digital e Lacração dos Sistemas a serem utilizados nas Eleições 2018".

Leia também: 

Os grupos convocados foram:  Grupo 1, coordenado pelo professor doutor na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) Diego de Freitas Aranha - conseguiu injetar um software nos programas da urna eletrônica antes do processo de carga, quando o software é instalado; e Grupo 4, coordenado pelo perito criminal da Polícia Federal Ivo de Carvalho Peixinho - teve sucesso parcial na execução do plano de teste “Extração de chave privada do Sistema Operacional da Urna Eletrônica”.

Veja também: 

     

Política na Rede
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...