terça-feira, 20 de fevereiro de 2018

Procurador da República se revolta com decisão do STF: 'A criminosa mamãe pode roubar, corromper, traficar, matar...mas não pode ser presa'


Imagem: Produção Ilustrativa / Gazeta Social
O procurador Aílton Benedito apontou o absurdo da decisão do STF ao conceder automaticamente prisão domiciliar a criminosas por estarem grávidas ou terem filhos de até 12 anos. Imediatamente após o último voto ser proferido, o procurador ironizou: "A criminosa mamãe pode roubar, corromper, traficar, matar... mas não pode ser presa. Por conseqüência, segundo a militância LTBGZ, para evitar preconceito e discriminação de gênero, esta decisão deve beneficiar também os 'nascidos homens' que se identifiquem e se sintam mamães".


Antes mesmo do julgamento, o procurador já havia alertado que uma decisão como essa teria como consequência a "gravidez em massa de criminosas, para não serem presas". 

Leia também:
Veja também: 






Gazeta Social
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...