sábado, 31 de março de 2018

Nota de juízes e procuradores pela prisão em segunda instância passa de 2 mil assinaturas


Os ministros do STF são cobrados a impedir a impunidade
Imagem: Reprodução / Redes Sociais
A procuradora Monique Chequer informou que, nesta manhã, o número de apoiamentos à nota técnica que juízes e procuradores vão apresentar ao Supremo Tribunal Federal, pedindo a manutenção das prisões após condenação em segunda instância, ultrapassou 2 mil assinaturas: "Atualizando: mais de 2.000 membros do MP e juízes, até o momento, assinam a nota que será remetida ao STF em apoio à constitucionalidade da prisão em 2ª instância. O ex-Procurador Geral da República Rodrigo_Janot acabou de aderir. E há ainda uma lista grande para incluir. Rumo aos 4.000 nomes!".

Leia também: 
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...