sexta-feira, 16 de março de 2018

PGR reduz equipe que investiga grupo político de Temer


Imagem: Reprodução / Redes Sociais
Responsável por investigar o grupo político do presidente Michel Temer, a força-tarefa Greenfield atua desde o início de março com apenas dois procuradores de forma exclusiva – antes eram quatro. O pedido de que a equipe seja retomada está na PGR e no Conselho Superior do MPF (CSMPF) desde 18 de fevereiro. A procuradora-geral, Raquel Dodge, diz que o problema não é com ela e, sim, com o colegiado. O relator do caso, o subprocurador Mario Bonsaglia, diz que a minuta da portaria para autorizar a prorrogação aguarda a assinatura de Dodge.

Leia também: 

Enquanto a PGR e o conselho do MP não se entendem, a força-tarefa que engloba as operações Sépsis, Cui Bono?, Patmos e a própria Greenfield está travada e não consegue dar a celeridade necessária a cerca de 180 procedimentos instaurados.

A PGR determinou que os procuradores só poderão receber jornalistas acompanhados de assessores e as conversas serão obrigatoriamente gravadas pela assessoria de comunicação da instituição.

Veja também: 





Andreza Matais
O Estado de S. Paulo
Editado por Política na Rede
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...