quinta-feira, 5 de abril de 2018

Após negar habeas corpus a Lula, STF debate se dá novo salvo-conduto ao ex-presidente


Imagem: Reprodução / TV Justiça
Após votar pela denegação do habeas corpus a Lula, Cármen Lúcia questionou o relator do caso, ministro Edson Fachin, sobre a liminar que concedeu salvo-conduto a Lula. Fachin lembrou que o salvo-conduto foi concedido pelos colegas até o julgamento e votou por negar o salvo-conduto.

O ministro Marco Aurélio de Mello interveio para defender a concessão de liminar garantindo a liberdade de Lula, sugerindo vários prazos. Marco Aurélio disse ainda que continuará a decidir contrariamente ao colegiado, pois considera que há uma "maioria provisória" pela prisão após condenação em segunda instância. 



Os ministros Alexandre de Moraes e Luís Roberto Barroso afirmaram que a liminar foi expressamente concedida até o final do julgamento, acompanhando o relator. Foram seguidos pela ministra Rosa Weber, que também negou. O ministro Toffoli apresenta seu voto. 

Acompanhe o julgamento do habeas corpus de Lula: 


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...