quarta-feira, 18 de abril de 2018

PF abre investigação sobre invasão do tríplex de Lula


Imagem: Marcelo Justo / Folhapress
A Polícia Federal em Santos (SP) abriu investigação sobre a invasão do tríplex atribuído ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). A informação foi comunicada pela PF ao juiz Sergio Moro no processo sobre o leilão do imóvel, localizado no Guarujá, litoral de São Paulo.

Na segunda-feira (16), integrantes do MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto) passaram cerca de quatro horas dentro do tríplex. Segundo a administradora do edifício onde fica o imóvel, o grupo quebrou a trava do portão de entrada e foi direto para o apartamento 164-A.

Leia também: 

O UOL procurou por telefone e mensagem de celular o coordenador do MTST e pré-candidato a presidente pelo PSOL, Guilherme Boulos, para saber se ele comentaria a abertura da investigação pela PF. Até o momento da publicação deste texto, não houve resposta.

No dia da entrada no tríplex, Boulos disse que a "ocupação" tinha como objetivo "denunciar a farsa judicial que é a prisão do ex-presidente Lula". "Se o apartamento é do Lula, o povo está autorizado a ficar lá. Se não é, eles terão que explicar porque o Lula está preso", afirmou.

O tríplex é o centro do processo da Operação Lava Jato em que Lula foi condenado, em duas instâncias, a 12 anos e um mês de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. O ex-presidente começou a cumprir a pena no dia 7.

Em 24 de janeiro, dia em que o TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região) determinou sua pena, Lula fez um discurso em que mencionou a possibilidade de militantes ocuparem o apartamento. 

Segundo a condenação, Lula recebeu o tríplex como propina da construtora OAS e ocultou ser o proprietário. A vantagem indevida seria decorrente de um esquema de corrupção em contratos da empreiteira com a Petrobras. Sua defesa afirma que não há provas dos crimes imputados ao petista.

Avaliado em R$ 2,2 milhões, o imóvel foi confiscado pela Justiça e vai a leilão em 15 de maio. O valor da venda será revertido para a Petrobras.

Veja também:




Bernardo Barbosa
UOL
Editado por Política na Rede 
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...