sexta-feira, 18 de maio de 2018

Financial Times se refere a Moro como 'O homem que encerrou cinco séculos de impunidade no Brasil'


Imagem: Reprodução / FT
O jornal 'Financial Times' publicou em seu site uma entrevista com o juiz Sérgio Moro. Na apresentação da entrevista, o jornal apresenta Moro como "o homem que encerrou cinco séculos de impunidade no Brasil". 

Leia abaixo:
  
Sérgio Moro é o homem da ruptura no sistema judicial brasileiro. Ele é o homem que encerrou cinco séculos de impunidade no Brasil, o maior país da América Latina. Quatro anos atrás, quando ele começou a operação Lava Jato, que investiga a Petrobras, ele começou a prender pessoas muito importantes, o que nunca tinha ocorrido antes no Brasil. No mês passado, isso culminou na prisão do ex-presidente Lula, o político mais popular da história brasileira. Para os brasileiros, Moro é o homem que finalmente começou a enfrentar a corrupção. 

Sergio Moro, como você muda 500 anos de impunidade em um país como o Brasil?
É uma ótima pergunta. Eu diria que você tem que começar em algum lugar. E é importante quebrar esse passado de impunidade. Ter todos esses casos julgados, e criminosos poderosos sendo responsabilizados, e alguns deles sendo condenados e presos, é um bom começo.

Leia também: 

Quando a Lava Jato terminar, qual é a garantia de que a corrupção não vai voltar? Outros juízes não vão fazer a mesma coisa? 
Não é só o meu trabalho. Está mudando, o meio está mudando. O sistema, a lei, e a prática estão mudando. Eu acho que isso terá um impacto, mesmo se eu não for mais o juiz. 

Por que é necessário que juízes e procuradores apareçam em público e falem sobre a Lava Jato? Você acha que isso é uma parte importante do caso? 
Foi importante ter a opinião pública ao nosso lado. A opinião pública pode funcionar como um verdadeiro remédio contra tentativas de obstrução da Justiça. 

O senhor foi criticado pela esquerda, por exemplo, por prender o ex-presidente Lula, e, segundo eles, não prender o outro lado. Como o senhor responde a essas críticas?
Após o acordo com a Odebrecht, a empresa revelou que pagava propinas a políticos de todo o espectro. E esses casos estão em outros tribunais. Talvez eu receba alguns desses casos, mas leva tempo. 

O senhor sofre ameaças? 
Sim, mas principalmente tentativas de difamação. 

Veja também:




Política na Rede
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...