segunda-feira, 4 de junho de 2018

Até a China desiste da Venezuela e interrompe empréstimos


Imagem: Reprodução / Redes Sociais
A China interrompeu a concessão de empréstimos à Venezuela. Desde o ano passado, os bancos oficiais chineses não abriram novos créditos. É a primeira vez que isso ocorre em uma década. Entre 2005 e 2016, os chineses emprestaram ao governo venezuelano US$ 62,2 bilhões —o equivalente a R$ 245,26 bilhões. As operações foram feitas por duas instituições: o China Development Bank (CDB) e o Eximbank. Os pagamentos vinham sendo feitos em petróleo. Mas a produção petrolífera da Venezuela minguou na proporção direta da deterioração política.


Leia também: 

Colecionadas pelo repórter Xavier Fontdeglòria, as informações foram publicadas no site da edição brasileira do espanhol El Pais. A chancelaria chinesa informou que a cooperação financeira com a Venezuela “é completamente legal” e “funciona sem problemas.” Mas um dirigente do CDB, o banco chinês de desenvolvimento, reconheceu que a instituição passou a olhar para Caracas com um pé atrás. Disse que o banco não faz senão “agir de acordo” com a situação.

O pedaço vencido da fatura da Venezuela com a China soma US$ 19,3 bilhões. Em 2016, Pequim concedera um prazo de carência de dois anos ao governo Maduro. Nesse período, a Venezuela estaria dispensada de pagar o principal da dívida, limitando-se a quitar os juros. O prazo acabou. Segundo a agência Reuters, o mais provável é que a carência seja ampliada. Mas não há, por ora, vestígio de empréstimo novo.

Se for mantido, o fechamento da torneira de crédito da China acentuará a fragilidade do governo de Nicolás Maduro. Num instante em que os Estados Unidos fecham o cerco, impondo novas sanções à Venezuela, Maduro contava com a mão estendida da Rússia e, sobretudo, da China. Sem a verba chinesa, seu governo perde o principal balão de oxigênio. Pragmática, a China não parece disposta a fazer caridade ideológica.

Veja também:





Josias de Souza
Blog do Josias
Editado por Política na Rede
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...