sábado, 14 de julho de 2018

Bolsonaro vence Lula na pesquisa espontânea XP/Ipespe


Imagem: Reprodução / Redes Sociais
Uma pesquisa feita pelo Ipespe (Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas) entre 9 e 11 de julho, a oitava feita por encomenda da XP Investimentos, divulgada pelo Infomoney, mostra o deputado Jair Bolsonaro à frente de todos os outros candidatos, inclusive Lula, na pesquisa espontânea. Bolsonaro também aparece na liderança na pesquisa estimulada, em todos os cenários possíveis para o primeiro turno. 


Na pesquisa espontânea, o entrevistado diz em quem pretende votar sem que lhe seja apresentada uma lista de candidatos. Jair Bolsonaro é mencionado por 15%. 

Imagem: Reprodução / Infomoney


Leia também: 
Ditadura de esquerda da Nicarágua já matou mais de 350 pessoas desde maio

Na pesquisa estimulada, foram apresentados diversos cenários. No cenário em que não se incluiu nenhum candidato do PT, Jair Bolsonaro fica com 23% das intenções de voto e Marina Silva fica em segundo lugar, com 13%. 


Imagem: Reprodução / Infomoney

Dois outros cenários testam a eleição com o "plano B" do PT, Fernando Haddad. Quando é apenas incluído na pesquisa, Haddad recebe 2% das intenções de voto. Bolsonaro tem 24% e Marina Silva, 14%. Quando Haddad é apresentado como o candidato do Lula, as intenções de voto sobem para 12%, acima de Marina, que fica com 11%. Bolsonaro fica com 21%. 

Nas simulações de segundo turno, foram testados seis cenários, incluindo um com o ex-presidente Lula, inelegível. Nos cinco cenários possíveis, Bolsonaro empata tecnicamente com três candidatos: Alckmin, Marina e Ciro. O empate também é observado na disputa entre Alckmin e Ciro Gomes. Na disputa entre Alckmin e Haddad, Alckmin venceria por 30% a 20%.

Segundo informa o Infomoney: 

A pesquisa XP/Ipespe foi feita por telefone, entre os dias 2 e 4 de julho, e ouviu 1.000 entrevistados em todas as regiões do país. Os questionários foram aplicados "ao vivo" por entrevistadores (com aleatoriedade na leitura dos nomes dos candidatos nas perguntas estimuladas) e submetidos a fiscalização posterior em 20% dos casos para verificação das respostas. A amostra representa a totalidade dos eleitores brasileiros com acesso à rede telefônica fixa (na residência ou trabalho) e a telefone celular, sob critérios de estratificação por sexo, idade, nível de escolaridade, renda familiar etc.
O intervalo de confiança é de 95,45%, o que significa que, se o questionário fosse aplicado mais de uma vez no mesmo período e sob mesmas condições, esta seria a chance de o resultado se repetir dentro da margem de erro máxima, estabelecida em 3,2 pontos percentuais. O levantamento está registrado no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) pelo código BR-09898/2018 e teve custo de R$ 30.000,00.

Veja também:




Política na Rede
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...