domingo, 8 de julho de 2018

Em caos jurídico, desembargador manda soltar Lula e ordem é revogada - duas vezes


Imagem: Reprodução / Redes Sociais
O desembargador Rogério Favretto, em plantão no Tribunal Regional Federal da 4ª Região, mandou soltar o ex-presidente condenado Lula. A ordem iniciou uma guerra jurídica. O juiz Sérgio Moro afirmou que o desembargador plantonista não podia afrontar decisão do colegiado do Tribunal e do Supremo Tribunal Federal e não permitiu a soltura. 


Em seguida, o desembargador, que era filiado ao PT e se desfiliou para assumir o cargo, mandou soltar novamente. O desembargador João Pedro Gebran Neto, relator do caso, então, cassou a decisão de Favreto, confirmou a decisão de Moro e determinou que a ordem de soltura não seja cumprida. 

Mais informações em breve. 

Leia também: 
Câmara vai gastar R$ 1,8 milhão em reforma de salas
‘Trem da alegria’ de deputados para apoiar Lula já custou R$ 65 mil ao contribuinte
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...