quinta-feira, 26 de julho de 2018

PF detecta caminho do dinheiro da Rodrimar ao coronel Lima, amigo de Temer


Imagem: Reprodução / Veja
A PF colheu na semana passada o depoimento de uma testemunha que estabeleceu o possível caminho da propina da Rodrimar até João Baptista Lima Filho, o coronel Lima, apontado como operador de Michel Temer, conta O Globo.

Gabriel de Carvalho Jacintho disse à PF que abria empresas inativas para vendê-las a empresários brasileiros e entregou uma delas, a Eliland do Brasil, à empresa do coronel Lima, Argeplan.

Leia também: 

Os investigadores descobriram a existência de um contrato de dez anos entre a Eliland e a Rodrimar –concessionária do porto de Santos acusada de pagar propina a Temer para obter benefícios no governo.

A PF apura se a Argeplan foi usada para captar propina e bancar despesas pessoais do presidente e de seus familiares, como a reforma da casa da filha dele, Maristela.

Veja também:





O Antagonista
Editado por Política na Rede  
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...