sexta-feira, 6 de julho de 2018

Procurador-geral do Trabalho quer anulação de registro de sindicatos


O procurador-geral do Trabalho, Ronaldo Fleury,
determinou a abertura de investigação específica sobre o tema

Imagem: Divulgação
Os diversos indícios de irregularidades na concessão de registros sindicais levantados pela Polícia Federal fizeram o procurador-geral do Trabalho, Ronaldo Fleury, determinar a abertura de investigação específica sobre o tema. Ele avisa que vai analisar todas as inscrições feitas nos últimos dois anos. “Esses sindicatos que foram eventualmente registrados e não têm representatividade devem ter a certificação anulada. Nossa apuração vai se restringir à legitimidade das entidades”, diz.

Leia também: 
Bretas converte prisão de CEO da GE em preventiva, sem prazo para terminar

O procurador-geral do Ministério Público do Trabalho determinou a formação de um grupo para atuar exclusivamente na análise dos registros. A ideia é que a força-tarefa comece a revisar a papelada já na segunda (9).

A apuração ficará com a Coordenadoria de Promoção de Liberdade Sindical do MPT.

Veja também:






Painel
Folha de S. Paulo
Editado por Política na Rede
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...