terça-feira, 7 de agosto de 2018

'É uma decisão que dá paz aos velhos corruptos', diz Deltan Dallagnol sobre decisão do STF que impede cobrança de dinheiro público roubado


Imagem: Produção Ilustrativa / Folha Política
O procurador e coordenador da força-tarefa da Lava Jato em Curitiba, Deltan Dallagnol, lamentou a formação de maioria, no Supremo Tribunal Federal, para considerar que o prazo para cobrar dinheiro roubado dos cofres públicos é de cinco anos. Para Dallagnol, "poderia funcionar na Suíça, mas não no Brasil, em que o sistema de justiça tem inúmeras falhas e brechas que podem impedir e impedem que investigações e ações judiciais sejam rápidas. É uma decisão que dá paz aos velhos corruptos. Um imenso retrocesso". 

Leia também: 

Leia abaixo o comentário de Deltan Dallagnol: 

PAZ AOS CORRUPTOS: O dinheiro desviado para os bolsos do corrupto jamais será dele e sempre pode ser recuperado. É isso que a Constituição diz. Contudo, o Supremo Tribunal Federal está decidindo o contrário. Está estabelecendo um prazo limite para recuperar o dinheiro desviado.
Poderia funcionar na Suíça, mas não no Brasil, em que o sistema de justiça tem inúmeras falhas e brechas que podem impedir e impedem que investigações e ações judiciais sejam rápidas. É uma decisão que dá paz aos velhos corruptos. Um imenso retrocesso.
A ação de ressarcimento é imprescritível. Veja o que a Constituição diz:

“§ 5º A lei estabelecerá os prazos de prescrição para ilícitos praticados por qualquer agente, servidor ou não, que causem prejuízos ao erário, RESSALVADAS as respectivas ações de ressarcimento.”

Veja também:





Gazeta Social
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...