quinta-feira, 30 de agosto de 2018

Filho de Bolsonaro exibe reportagem da Folha de S. Paulo para rebater o Jornal Nacional


Imagem: Reprodução / TV Globo
Em sua entrevista ao Jornal Nacional, o candidato Jair Bolsonaro lembrou que a emissora recebeu bilhões em verbas públicas da União. 

No dia seguinte, a emissora divulgou uma nota em que afirma que os valores que recebe da União "nem remotamente chegam à casa do bilhão". Leia abaixo: 

“O candidato Jair Bolsonaro, do PSL, afirmou que a TV Globo recebe bilhões de recursos da propaganda oficial do governo. É uma afirmação absolutamente falsa. A propaganda oficial do governo federal e de suas empresas estatais corresponde a menos de 4% das receitas publicitárias e nem remotamente chega à casa do bilhão. Os anunciantes, privados ou públicos, reconhecem na TV Globo uma programação de qualidade, prestigiada por enorme audiência e, por isso, se valem dela para levar ao público mensagens sobre seus produtos e serviços. Fazemos esse esclarecimento por apreço à verdade, ao nosso público e a nossos anunciantes”.
Em resposta ao comunicado, o filho de Bolsonaro, o também deputado Eduardo Bolsonaro, divulgou a fonte dos dados, uma matéria publicada pelo jornal Folha de S. Paulo, em 30 de junho de 2015.



Leia também: 

A matéria é um conhecido levantamento realizado pelo jornalista Fernando Rodrigues, que detalha os gastos com publicidade nos governos petistas. No início, o jornalista indica que as emissoras do grupo Globo receberam R$ 6,2 bilhões entre 2003 e 2014, mas que os valores seriam ainda maiores se fossem incluídas as emissoras afiliadas: 

A Rede Globo e as 5 emissoras de propriedade do Grupo Globo (em São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Brasília e Recife) receberam um total de R$ 6,2 bilhões em publicidade estatal federal durante os 12 anos dos governos Lula (2003 a 2010) e Dilma (2011 a 2014).
Como a cifra só considera TVs de propriedade do Grupo Globo, o montante ficaria maior se fossem agregados os valores pagos a emissoras afiliadas. Por exemplo, a RBS (afiliada da Globo no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina) recebeu R$ 63,7 milhões de publicidade estatal federal de 2003 a 2014.

Veja também:




Política na Rede
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...