sexta-feira, 31 de agosto de 2018

Temer volta atrás e adia reajuste de servidores para 2020


Imagem: Cesar Itiberê / PR
O presidente Michel Temer decidiu voltar atrás e vai adiar para 2020 o reajuste salarial dos servidores da União. Temer repensou a decisão depois de ouvir apelo da equipe econômica para fechar as contas. A informação foi confirmada ao blog nesta sexta-feira (31) pelo Palácio do Planalto.


Acompanhe o julgamento do pedido de registro da candidatura de Lula: 


A medida vai gerar uma economia de R$ 6,9 bilhões e ajudar a fechar as contas do governo federal em 2019.

Na quarta-feira (29), o presidente tinha decidido manter o reajuste para o próximo ano.

Leia também: 
TSE julga agora pedido de candidatura de Lula; assista ao vivo

A equipe econômica já havia alertado o presidente sobre o custo do reajuste, de R$ 6,9 bilhões em 2019, segundo o Ministério do Planejamento.

Sem o reajuste, segundo a equipe econômica, será possível cumprir o teto dos gastos públicos e a meta fiscal do ano que vem, que prevê um déficit de R$ 139 bilhões, realocando os recursos para as áreas sociais e investimentos.


Veja também:





Valdo Cruz
G1
Editado por Política na Rede
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...