segunda-feira, 10 de setembro de 2018

Funcionária que criticou Bolsonaro é demitida do Hospital Albert Einstein


Imagem: Reprodução
O Hospital Albert Einstein, em São Paulo, demitiu uma funcionária que fez comentários críticos ao deputado Jair Bolsonaro, candidato do PSL à Presidência, no Facebook. O parlamentar foi transferido para a unidade de saúde depois de ser esfaqueado durante um ato de campanha em Juiz de Fora, na Zona da Mata mineira, na última quinta-feira.

Leia também: 

Na última sexta-feira, após ocorrer a transferência de Bolsonaro para o hospital paulista, a funcionária postou uma foto do candidato e escreveu: "vou ter que usar máscara de oxigênio pra não correr o risco de respirar o mesmo ar".

De acordo com o Hospital Albert Einstein, "este tipo de conduta não condiz com os valores e crenças" da instituição. Em seu Facebook, Elcimar Coelho Marques disse ter sido demitida por justa causa, embora tenha pedido demissão em maio para fazer um curso remunerado. Após o primeiro comentário, ela fez uma série de postagens negativas ao candidato do PSL.

Jair Bolsonaro terá que passar por uma nova cirurgia de grande porte para reconstruir o trânsito intestinal e retirar a bolsa de colostomia, informou o boletim médico divulgado na manhã desta segunda-feira.

LEIA A NOTA DO HOSPITAL ALBERT EINSTEIN

Informamos que a senhora Elcimar Coelho Marques não faz parte do quadro de colaboradores do Einstein desde 18 de maio de 2018 . Este tipo de conduta não condiz com os valores e crenças da nossa Instituição. Ressaltamos que prezamos pela ética e respeito ao próximo, sobretudo com os nossos pacientes.

Veja também:





O Globo
Editado por Política na Rede
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...