quinta-feira, 6 de setembro de 2018

'Jair Bolsonaro quase morreu esfaqueado por um homem do povo, negro, pobre e militante do PSOL durante sete anos. Para o Brasil da mídia, dos progressistas e do Globostão foi um mero incidente de campanha', ataca jornalista


Imagem: Reprodução / Redes Sociais
O jornalista J. R. Guzzo atacou o partidarismo da grande imprensa em relação à tentativa de assassinato do candidato Jair Bolsonaro: "Jair Bolsonaro quase morreu esfaqueado por um homem do povo, negro, pobre e militante do PSOL durante sete anos. Para o Brasil da mídia, dos progressistas e do Globostão foi um mero incidente de campanha. Não se pode agora 'criminalizar' o agressor, nem 'teatralizar' a agressão".

Leia também: 
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...