quinta-feira, 4 de outubro de 2018

A 3 dias da eleição, TSE barra candidatura de Acir Gurgacz ao governo de RO


Imagem: Mayara Subtil / G1
O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) negou, nesta quinta-feira (4), um recurso do senador Acir Gurgacz (PDT) e ele ficará de fora da disputa pelo governo de Rondônia nas Eleições 2018. A decisão foi do ministro Jorge Mussi com base na Lei da Ficha Limpa, pois Acir foi condenado por fraude contra o sistema financeiro em fevereiro deste ano.

Leia também: 

Procurada pelo G1, a assessoria do candidato afirma que deve divulgar uma nota ainda nesta quinta-feira.

A candidatura de Acir já tinha sido indeferida pelo Tribunal Regional Eleitoral de Rondônia (TRE). Com o indeferimento no estado, Acir entrou com recurso no TSE em Brasília (DF), que foi negado na manhã desta quinta.

Em fevereiro deste ano, o senador de Rondônia foi condenado a 4 anos e 6 meses de prisão no regime semiaberto por crimes contra o sistema financeiro. Na época, o senador informou considerava a decisão "injusta".

No dia 25 de setembro, o Supremo Tribunal Federal (STF) negou um recurso de Acir e tinha determinado a prisão do senador. Na ocasião, o Supremo não tinha expedido o mandado de prisão em razão da vedação do período eleitoral, que proíbe prisão de candidato, exceto em flagrante.

O TRE em Rondônia informou que o nome de Acir já tinha sido incluído nas urnas eletrônicas para as eleições do próximo domingo (7). Como todas as urnas já foram lacradas, a Justiça Eleitoral ainda não sabe como proceder com a decisão do TSE, a 3 dias da eleição.

Na última terça-feira, Acir tinha participado do debate promovido pela Rede Amazônica com os candidatos ao governo do estado.

Veja também:

 



G1
Editado por Política na Rede
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...