quinta-feira, 18 de outubro de 2018

Presidente do PSL diz que Bolsonaro não irá a nenhum debate no segundo turno


Imagem: Helvio Romero / Estadão
O presidente do PSL, Gustavo Bebianno, disse que o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) não irá participar de nenhum debate no segundo turno. Em coletiva para a imprensa, na tarde desta quinta-feira, 18, Bebianno disse que um os motivos da tomada de decisão é que Bolsonaro não pode se submeter a situações de alto estresse, "sem nenhum motivo".

Leia também: 
'É preciso mostrar as provas, se há', diz Janaína Paschoal sobre suposta 'campanha' contra Haddad

"Discutir com um poste, como já disse o candidato Jair Bolsonaro, quem discute com um poste é bêbado", afirmou. Bebianno disse que a medida não irá prejudicar a campanha porque o eleitor "já conhece Bolsonaro". "Não é ruim. No primeiro turno, ele participou de debates, concedeu um cem número de entrevistas. O contato que ele estabelece é diretamente com o eleitor, como ele tem feito há quatro meses. Os eleitores já sabem em quem vão votar e o que significaria ter PT de volta: o atraso, a corrupção, a violência, o ensino de péssima qualidade", afirmou.

Na manhã desta quinta-feira, Bolsonaro passou por uma avaliação médica de profissionais do Hospital Albert Einstein. A equipe informou que, se Bolsonaro quisesse, ele poderia participar dos debates na última semana do segundo turno. De acordo com o boletim, Bolsonaro apresenta "boa evolução clínica e a avaliação nutricional evidenciou melhora da composição corpórea, mas ainda exigindo suporte nutricional e fisioterapia".

Já Bebianno afirmou que o estado de saúde de Bolsonaro ainda é "de absoluto desconforto". "Como não há controle, aquela bolsinha (colostomia) pode encher, estourar", alegou.

Veja também:





Constança Rezende
O Estado de S. Paulo
Editado por Política na Rede
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...