segunda-feira, 19 de novembro de 2018

Funcionários da TV Brasil e EBC apagam posts contra Bolsonaro de suas redes sociais


Imagem: Produção Ilustrativa / Folha Política
Uma matéria do jornal O Globo relata que funcionários públicos estão apagando os comentários que fizeram nas redes sociais contra o presidente eleito Jair Bolsonaro. Segundo a repórter Renata Mariz, “há relatos de funcionários que passaram a apagar comentários contrários a Jair Bolsonaro nas redes sociais, para evitar que as críticas possam prejudicá-los na disputa por cargos de coordenação na futura gestão”.


Ouça: 


Segundo a matéria, uma fonte anônima relatou que os funcionários da TV Brasil choraram ao ouvir entrevista do presidente eleito, que disse que pretendia extinguir o veículo, conhecido como “TV do Lula”. 

Leia também: 

A matéria relata também que o representante dos empregados no Conselho de Administração da EBC, Edvaldo Cuaio, encontrou-se com o general Augusto Heleno e disse que a EBC não é mais “uma empresa petista, que dá prejuízo”. Segundo Cuaio, “Já houve, sim, muitos indicados na época do PT. Hoje, somos pouco mais de dois mil empregados com cerca de 150 cargos ocupados por comissionados”.

Os funcionários teriam ainda tentado conseguir o apoio do cantor e compositor Lobão. A repórter do Globo registra que, quando o cantor foi ao local para gravar uma entrevista, um grupo de servidores quis pedir que ele gravasse um vídeo de apoio à empresa, mas “debateram tanto os prós e contras da ideia que, quando decidiram pedir a declaração, Lobão já tinha ido embora”.  

Veja também: 











Gazeta Social
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...