quinta-feira, 29 de novembro de 2018

Raquel Dodge adverte sobre retrocessos no combate à corrupção em caso de aprovação de indulto de Temer para criminosos


Imagem: Produção Ilustrativa / Folha Política
"O argumento apresentado pela Procuradoria Geral da República é no sentido de que o ato do Poder Executivo que concede indulto não pode interferir no tamanho da sentença aplicada a ponto de anulá-la. Tudo isso é muito importante porque vem de encontro a este esforço que tem sido feito pelo Ministério Público Federal e pelo Judiciário de priorizar o enfrentamento da corrupção, da lavagem de dinheiro e do crime organizado", destacou a procurador Raquel Dodge sobre o indulto decorrente de decreto de Temer. O julgamento a respeito do caso deve continuar hoje no STF. Assista ao vídeo:
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...