segunda-feira, 24 de dezembro de 2018

'Não dá mais para as coisas serem como antes’, diz Janaína Paschoal em mensagem de Natal


Imagem: Produção Ilustrativa / Folha Política
A jurista Janaína Paschoal, em mensagem de Natal, lembrou que, assim como o nascimento de Jesus representa o início de uma nova era, o Brasil também passa por um momento de renovação necessária. 


Ouça: 



Leia abaixo a mensagem de Janaína Paschoal:

Bom dia, Amados! Ontem, participei de um culto em uma Igreja Batista. Acredito ter sido a primeira vez. Gostei muito. Reforçou minha crença em Mateus 18:20. Acho que já contei para vocês que esse é o trecho da Bíblia com que eu mais me identifico.
Como era o culto de Natal, com as músicas de Natal, o sermão foi inteiro referente ao nascimento de Jesus Cristo. A certa altura, o Pastor disse que o nascimento de Jesus foi um recado de Deus para nós. Que o nascimento de Jesus rompeu o silêncio.
Por óbvio, o Pastor quis dizer que a vida de Jesus foi ela toda tão significativa, que a melhor forma de ensinar todas as lições que a existência de Jesus ensinou seria mesmo enviá-lo.
Leia também:

Creio não ser desrespeitoso emprestar a frase para outro contexto. O contexto dos últimos anos, no Brasil. No nosso país, com a graça de Deus, também foi rompido o silêncio. O rompimento do silêncio estabelecido fez cair muitos líderes.
Caíram os líderes políticos e os líderes religiosos que abusaram, pesadamente, do poder de que gozavam. Vejam se vocês não sentem como se um balde cheio de verdade tivesse sido despejado sobre nós.
Qual a mensagem? A mensagem é apenas a de que quem merecer cair cairá e será punido? Não, essa seria a mensagem de um Deus exclusivamente retributivo. O Deus que envia Jesus para nos ensinar é benevolente. Ele está sempre tentando conferir uma outra chance.
A mensagem é a de que não dá mais. Depois que o silêncio é rompido, não dá mais para as coisas serem como antes. Nosso país carece de renovação. Não só a renovação de pessoas, pois os novos podem se revelar piores que os velhos. A carência é de renovação de mentalidade.
Que esse período de reflexão, bem característico do Natal e do Ano Novo, seja profícuo na real construção de uma nova mentalidade. Não, não estou cometendo a heresia de comparar o processo de depuração que nosso país atravessa ao nascimento de Jesus Cristo.
Nada se compara à mensagem que Deus quis nos dar com o envio de seu filho. Mas estou aproveitando a simbologia dessa mensagem, para dizer que é mesmo preciso renovar, pois como estava, efetivamente, não dá mais.
Que neste Natal, cada um de nós tenha a capacidade de se renovar, de realmente fazer diferente, seja para rever os abusos do próprio poder, seja para não reverenciar quem tem poder, qualquer que seja ele. Esta data também tem o fim de nos mostrar que não somos Deus.
Os líderes políticos e religiosos abusadores não se constroem sozinhos. Eles abusam do poder que têm, porque são endeusados. A melhor maneira de romper o silêncio é jamais permitir o endeusamento.
Somos todos apenas seres humanos, sempre capazes de melhorar. Aí, aliás, está a beleza de ser humano. Que venha a verdade e ela nos libertará! NATAL abençoado para todos nós!

Veja também: 







Correio do Poder
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...