domingo, 20 de janeiro de 2019

Juíza manda soltar homem preso com fuzil automático e pede explicações da Polícia Militar


Imagem: Produção Ilustrativa / Folha Política
Em Florianópolis, um homem preso em flagrante com um fuzil automático e munição foi liberado após audiência de custódia com a juíza plantonista Ana Luisa Schmidt Ramos. A juíza entendeu que o homem com a arma de uso controlado e munições não representa risco para a sociedade, e converteu a prisão em medidas cautelares, determinando que ele se apresente ao juízo todos os meses e não saia da cidade sem autorização. 

Ouça: 


A juíza ainda deu um prazo de 48 horas para que o comando geral da Polícia Militar de Santa Catarina, na pessoa do coronel Araújo Gomes, explique por que o homem foi apresentado sem camisa. 

Leia também: 

A decisão causou revolta na sociedade. Nas redes sociais, internautas lembraram que a mesma juíza, em 2017, mandou soltar uma quadrilha que tinha sido presa com 14 armas de calibre restrito. Os internautas questionaram a função e o valor das audiências de custódia. 

Qual é a sua opinião sobre este caso? Exponha sua opinião e participe do debate democrático.

Veja também: 








Correio do Poder
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...